• Ícone do Facebook Preto
  • Ícone do Twitter Preto
  • Preto Ícone Instagram
  • Renato Gomes

Câmara não aprova projetos que previam aumentos de salários

Em noite conturbada, Sessão estava repleta de professores da rede municipal protestando

Durante a última Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Jardinópolis, ocorrida na segunda-feira (7), muitos munícipes compareceram ao plenário para acompanhar as votações de alguns projetos encaminhados a casa de leis pelo poder Executivo.


Sessão da Câmara com vários munícipes presentes. (Foto: Renato Gomes)

Entre esses munícipes estavam um grupo de professoras da rede municipal que protestavam com cartazes e gritos de ordem. Entre suas principais reivindicações, estavam o aumento de salários para todas as categorias, e não apenas para um ou outro funcionário da Prefeitura Municipal de Jardinópolis.


Professores da rede pública com cartazes durante Sessão da Câmara. (Foto: Renato Gomes)

Comemoração pelo resultado das votações dos Vereadores. (Foto: Renato Gomes)

Professores comemoram resultado de votação dos Vereadores. (Foto: Renato Gomes)

Entre os 5 projetos que estavam em pauta, 2 eram sobre gratificação para Comissão de Licitação e para o Preposto e 1 pretendia a reclassificação das funções de Fiscal de Obras e de Eletricista.


Nenhum projeto foi aprovado.


Com relação aos projetos para aumento das gratificações, projetos de lei de número 057/2019 do Executivo e 070/2019 do Executivo, seis vereadores votaram a favor: Luiz Fernando Riul (Xotô), André Luiz Zanata, José Euripedes Ferreira (Chupeta), Ana Luisa Ortelani Valadares (Prof. Aninha), Samuel Farah (Dr. Samuel) e Mateus Signorini.


Os sete que votaram contrários aos projetos foram: Luiz Gustavo de Sousa (Gustavo Sabá), José Eduardo Gomes Júnior (Fofo), Raimundo Ferreira Santos, Marli Rodrigues Violante Pegoraro, Lindenilton da Silva Ganda (Gandinha), Sebastiao Ferreira e Cleber Tomaz de Camargos Cleber Bicicletaria).


Já com relação ao projeto que pretendia a reclassificação, projeto de número 072/2019 do Executivo, seis vereadores votaram favoráveis: Chupeta, Xotô, Prof. Aninha, Sebastião Ferreira, Dr. Samuel e André Zanata.


Quatro foram contrários: Marli Pegoraro, Gandinha, Gustavo Sabá e José Eduardo Fofo.


Três se abstiveram: Cleber Bicicletaria, Raimundo Ferreira e Mateus Signorini.


Esse último projeto, o de nº 072/2019, não foi aprovado mesmo com mais votos a favor porque não atingiu a maioria simples de votos necessários, no caso seria preciso Sete votos.


Confira esses e todos os projetos no site da Câmara Municipal clicando AQUI.


Em alguns momentos, alguns vereadores tentaram justificar seus votos, alegando que como esses projetos são enviados pela Prefeitura Municipal de Jardinópolis, eles não tem o poder de escolher se uma ou se todas as categorias devem receber aumentos, eles apenas ficam na posição de votar se aquele projeto apresentado vai ser aprovado ou não, e mesmo assim todos os vereadores, inclusive os que votaram a favor dos aumentos ou elevações desses cargos em questão, disseram apoiarem os protestos e que eles preferiam que todas as categorias tivessem aumentos, e não apenas algumas.



A luta por aumentos salariais não é uma luta nova


Há 14 anos já era noticiado nas páginas do então jornal Notícias em Mídia, em seu primeiro ano de existência, uma sessão da Câmara também cheia de funcionários públicos protestando pelo aumento salarial, e curiosamente, naquele mesmo dia também tinham professores lutando por uma melhor adequação salarial.


O mais curioso aqui, é que uma das falas de um dos presentes naquela sessão publicada na matéria, é a fala do então professor da rede pública, Flávio Marcos Corrêa de Mello, em que ele dizia: “Não é justo apenas este ou aquele funcionário ser beneficiado pela administração pública".


Desde aquele período a luta dos servidores parece ser a mesma.


Essa matéria foi publicada no dia 3 de dezembro de 2005 na edição de nº 0018 do jornal Notícias em Mídia, abaixo a imagem da edição.


Recorte da edição de 2005. (Imagem: Museu e Casa da Cultura Dr. Paulo Portugal)

Confira o vídeo da 23ª Sessão Ordinária de 2019 de 7 de outubro de 2019 clicando AQUI.

  • Ícone do Facebook Preto
  • Ícone do Twitter Preto
  • Preto Ícone Instagram