• Renato Gomes

Aulas da rede privada voltaram essa semana em Jardinópolis

Com restrições a quantidades de alunos, e seguindo várias regras de distanciamento. Veja como foi a primeira semana de aulas de 2021. Aulas da rede municipal que teriam início na próxima segunda (8) foram suspensas

Desde que as aulas foram suspensas em 2020 por conta da pandemia da Covid-19, muito se tem falado sobre como seria a volta as aulas.


Depois de quase 7 meses longe das escolas, o ano se inicia com um pouco menos de incerteza após o anúncio dos governos estaduais com relação à volta às aulas presenciais em 2021.


Com relação ao formato utilizado, grande parte das Secretarias de Educação optaram pelo modelo híbrido de ensino, que mescla aulas presenciais e remotas. Nos locais em que o retorno dos alunos e professores ao ambiente escolar já está determinado, as escolas precisarão seguir protocolos e orientações sanitárias contra a Covid-19.


A rede pública teve o início das aulas marcado para a próxima segunda-feira (8), mas a rede privada retornou na última segunda-feira (1º).


Na primeira semana da volta às aulas, estudantes usaram máscara e mantiveram distância dos colegas na entrada das escolas. As regras incluem, além do uso obrigatório de máscaras, também a necessidade de aferição de temperatura, oferta de álcool gel e a manutenção do distanciamento social.


Entramos em contato com algumas escolas da rede privada de Jardinópolis e tivemos retorno do Colégio Tema Objetivo e os Colégios NEC/Doce Vida para ver como foi essa primeira semana.


Nos dois casos foram seguidas as regras de distanciamento, além de manter apenas 35% dos alunos, do uso de mascara, e disponibilidade de álcool gel o tempo todo, tanto para os alunos como para os professores e funcionários.


Segundo Marília C. C. Ferroni, Coordenadora Pedagógica do colégio Tema Objetivo, as aulas seguiram normalmente com o chamado "ensino híbrido", ou seja, os alunos que estavam em suas casas, puderam acompanhar em tempo real as aulas que aconteciam na escola, transmitidos pela internet.


"O Colégio Objetivo vem se preparando há meses para a retomada às aulas presenciais. A escola fez alto investimento em tecnologia (notebooks, microfones, cabeamento de rede, internet, plataformas, entre outros), EPIS para professores e funcionários, além de disponibilizar em toda a escola álcool gel e 70%. Para segurança da comunidade escolar, o Protocolo de Biossegurança precisa ser respeitado por todos e o trabalho deve ser conjunto entre escola, família e alunos," comentou Marília

Aluna do Objetivo tendo a temperatura do corpo aferida antes de entrar na escola. (Foto: Colégio Tema Objetivo / Divulgação)
Sala de aula do Objetivo com alunos e professora usando máscara. (Foto: Colégio Tema Objetivo / Divulgação)

No NEC, como explicou Rosely Aparecida Frojoni Jacomini, Diretora dos colégios NEC /Doce Vida, o ensino híbrido também aconteceu, assim como todas as medidas de segurança também foram tomados.


"Estamos seguindo os protocolos rigidamente. Trabalhando o preparo emocional, protocolos sanitários, novas rotinas, espaço de trabalho aos alunos e familiares." comentou Rosely, e continuou, "como metas procuramos desenvolver a empatia no ambiente escolar, capacidade de colocar-se no lugar do outro, buscando agir e pensar considerando as aptidões, interações, sociabilização, e trocas de experiências."

Alunos do NEC durante 1º semana de aula, com máscaras e distanciamento (Foto: Colégios NEC/Doce Vida / Divulgação)
Alunos presenciais e alunos online tendo a mesma aula no NEC. (Foto: Colégios NEC/Doce Vida / Divulgação)

Volta as aulas na Rede Municipal


ATUALIZADO


Ainda na tarde desta sexta-feira (5), nos foi informado como seria a volta as aulas, com o qual publicamos a seguinte informação:

"Na próxima segunda-feira (8) as aulas devem retornar na Rede Municipal, a quantidade de alunos presente nas escolas vai de acordo com a fase em que a cidade estiver do Plano São Paulo, sendo as fases Vermelha ou laranja (até 35%), amarela (até 70%) e verde (até 100%).

Conversamos com o Secretário Municipal de Educação de Jardinópolis, Benedito Rafael de Souza, que nos informou sobre como será a volta as aulas para os 6.446 alunos da rede municipal.

Segundo o secretário, a quantidade de alunos do Fundamental II será dividida durante o mês, seguindo uma quantidade de 33,33% de alunos por semana, ou seja, o aluno que frequentar a aula durante 1 semana, depois permanece 2 semanas em casa, fazendo assim uma espécie de rodízio dos alunos.

Para as Creches, Ensino Infantil e Fundamental I, esse percentual será, nessa fase e momento atual, de 20%. Esse percentual é relacionado ao número de alunos matriculados na escola. Os pais é que decidem se seus filhos vão para a escola ou não."

Por volta das 17h50 desta sexta-feira (5) a Prefeitura Municipal de Jardinópolis publicou em sua página oficial do facebook a seguinte nota sobre o cancelamento do retorno das aulas na rede municipal marcada para a próxima segunda-feira (8):


"A secretaria de Educação de Jardinópolis comunica a todos, que foi informada nesta tarde, pela Diretoria de Ensino de Sertãozinho, sobre o não reinício das aulas na escolas da rede estadual no município de Jardinópolis, prevista para a próxima segunda-feira (08/02).


Com essa determinação, a secretaria de Educação (local) precisa avaliar a melhor maneira para o reinicio seguro das aulas na rede pública municipal obedecendo normas diretoria de Sertãozinho. Pedimos a compreensão de todos."

Foto capa: Divulgação / DINO

Fotos: Colégios Tema Objetivo / NEC/Doce Vida / Divulgação

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações publicados no site do Jornal Mídia Digital, mesmo reprodução de outro texto, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor conforme Lei nº 9610/98. Contudo, a divulgação ou compartilhamento das publicações originais, apenas as originais, como link ou postagem em redes sociais do Jornal Mídia Digital, estão permitidas.




0 comentário

Posts recentes

Ver tudo