DEPRESSÃO E O DIREITO AO AUXÍLIO-DOENÇA


Podemos observar que, com a pandemia, foram intensificados e potencializados os sintomas de depressão e de doenças psiquiátricas.


E, por muitas vezes, a pessoa que sofre dessa doença não consegue voltar para o mercado de trabalho.


Dessa forma, existem benefícios que podem ser concedidos pelo INSS, como o auxílio-doença (benefício por incapacidade temporária) e, em alguns casos, aposentadoria por invalidez (benefício por incapacidade permanente).


Para ter direito ao auxílio-doença, é preciso ter a carência de 12 contribuições, estar incapacitado para o trabalho há mais de 15 dias e estar na qualidade de segurado (regra geral).


Importante esclarecer que se for constatado pelo médico perito que a incapacidade é permanente, o segurado poderá ter direito a aposentadoria por invalidez.

Por isso, é muito importante contar com suporte de um profissional especializado da área previdenciária, para analisar o caso em sua particularidade, a fim de garantir os seus direitos.


Autores do Texto: Jéssica Cimento e Marrieli Gonçalves

cimentogoncalvesadvocacia@gmail.com

 

Os textos publicados nas colunas, assim como as matérias e artigos assinados, são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do jornal


É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações publicados no site do Jornal Mídia Digital, mesmo reprodução de outro texto, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor conforme Lei nº 9610/98. Contudo, a divulgação ou compartilhamento das publicações originais, apenas as originais, como link ou postagem em redes sociais do Jornal Mídia Digital, estão permitidas

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo