Em Jardinópolis eleitores reclamam de filas grandes e espera de mais de 2h para votar

Na manhã deste domingo (2) durante as primeiras horas de votação, os corredores da escola Plínio Berardo estavam tumultuados, e a espera para votar chegou a quase 3h

O dia de votação vara as Eleições 2022 começou tumultuado e demorado em algumas escolas, houveram relatos de até 3h de espera em alguns locais.


Na escola Ilha Grande pessoas afirmaram esperar até 1h na fila, mas o pior caso que chegou a nosso conhecimento foi na escola Plínio Berardo, onde pessoas afirmaram esperar quase 3h para realizar a votação.

Corredor com filas para votação no Plínio Berardo

Nossa equipe de reportagem, durante o seu momento de votar, ficou 1h30 na fila em sua sessão de votação no Plínio Berardo, e acompanhou de perto o relato de outros eleitores que saíam após mais de 1h de espera.

Espera para votar chegou a quase 3h no Plínio Berardo
Filas na Ilha Grande para votação

Um dos motivos para a demora seria com relação a biometria, que em alguns casos não confirmava a identidade do eleitor na primeira tentativa, e ainda que alguns eleitores não tenham feito o cadastro dela, poderiam votar normalmente.


No Rio de Janeiro, o Tribunal Regional Eleitoral do Estado explicou que conduz uma validação de dados biométricos. A ideia é aproveitar a concentração de pessoas para validar digitais de cerca de 1,8 milhão de eleitores fluminenses. A ideia é cruzar esses dados com as informações de outros serviços oficiais, como o Detran.


"A ideia é que todos os dados validados sejam incorporados a seguir no cadastro eleitoral", disse o juiz auxiliar da Vice-presidência e Corregedoria do TRE-RJ, Rudi Baldi. A validação pode aumentar um pouco o tempo de mobilização do eleitor na seção de votação - por essa razão, o TRE já esperava filas um pouco mais longas neste domingo.


No entanto, o tribunal calculou um tempo médio de dez segundos para o procedimento, que inclui até quatro tentativas de validação dos dados biométricos por pessoa. "Na verdade essa é uma providência nacional. Ela alcança todos os Estados, todos os municípios", explicou Baldi.


Fora essas demoras nas votações, não tivemos conhecimento de outros problemas ou tumultos durante o pleito, apenas que algumas pessoas chegaram a passar mal durante a espera, mas nada grave.


Outro problema que é comum, durante o pleito, é a sujeira causadas pelos chamado "santinhos", que são jogados próximos aos locais de votação antes das eleições.

Santinhos espalhados pelos locais de votação
 

Foto: Renato Gomes


É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações publicados no site do Jornal Mídia Digital, mesmo reprodução de outro texto, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor conforme Lei nº 9610/98. Contudo, a divulgação ou compartilhamento das publicações originais, apenas as originais, como link ou postagem em redes sociais do Jornal Mídia Digital, estão permitidas

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo