• Renato Gomes

Jardinópolis decreta abertura de todos os comércios com 100% da capacidade de ocupação

Mesmo com descoberta da variante Delta indiana do coronavírus na região, todo comércio da cidade pode voltar a funcionar a partir desta terça-feira (17), com poucas restrições de atendimento e funcionamento

Na tarde da última segunda-feira (16), a prefeitura municipal de Jardinópolis divulgou o novo decreto de nº 6498/2021 que trata da chamada Fase de Transição, para o combate a pandemia da Covid-19 no município.


Com o novo decreto todo o comércio da cidade pode voltar a funcionar com 100% da capacidade de ocupação, além de não haver mais restrições nos horários de funcionamento e atendimento. Poucas são as restrições que foram mantidas, sendo as mais comum e obrigatórias, o uso de máscara e o distanciamento.


Na manhã desta terça-feira (17) segundo o boletim da prefeitura de Jardinópolis, são ao todo 154 óbitos pela Covid-19, 4043 casos confirmados, 9 internados e ninguém aguardando novas vagas. O último óbito confirmado foi no dia 28 de julho, na época eram 3960 casos confirmados.


Edículas e Chácaras

Outro ponto novo do decreto, é que agora salões de festas, edículas, chácaras e outros, podem voltar a funcionar, mas apenas para realizações de eventos, como casamentos, aniversários, batizados e similares.


Para quem quiser entender melhor e conferir todas as regras restrições e obrigações, confira o Decreto nº 6498/2021 clicando AQUI.


O decreto tem validade até dia 31 de agosto de 2021


Abertura do comércio no Estado de SP

Em 28 de julho, o governador João Doria (PSDB) havia anunciado que, a partir desta terça-feira (17), não haverá mais restrições ao comércio no estado de São Paulo, que poderá funcionar no horário normal de antes da pandemia e com 100% da capacidade de atendimento.


"O objetivo das prefeituras do Grande ABC é conter o avanço da variante delta do novo coronavírus em todo o estado de São Paulo e aguardar a ampliação da cobertura da vacinação", explicou o consórcio, em nota.


Mas cabe a cada município a forma de seguir as restrições, tanto que seis cidades do ABC Paulista decidiram não adotar medidas de flexibilização no comércio, mantendo a capacidade de ocupação em estabelecimentos limitada a 80%, e também com restrições nos horários de funcionamento.


Variante Delta na região de Ribeirão Preto

A Coordenadoria de Controle de Doenças do Centro de Vigilância Epidemiológica, órgão do governo de São Paulo, confirmaram, nesta segunda-feira (16), um caso da variante delta em Serrana (SP). Esta é a primeira confirmação na cidade e na região de Ribeirão Preto.


O caso foi diagnosticado pelo Hemocentro de Ribeirão Preto, mas amostras coletadas da paciente foram encaminhadas para sequenciamento genético, segundo pesquisadores do Projeto S, para contra-prova.


Em nota, a diretora técnica de saúde da coordenadoria, Elisabete Paganini, informou que a variante indiana foi identificada em amostra de moradora que apresentou sintomas de síndrome gripal no dia 4 de agosto. Ela ainda não havia contraído o coronavírus, mas já tinha recebido duas doses do imunizante contra a Covid-19.


De acordo com Elisabete, trata-se de uma mulher de 30 anos, profissional da saúde, que mora em Serrana, mas trabalha em Ribeirão Preto. A paciente demonstrou cansaço, coriza, congestão nasal, tosse seca, dor no corpo, perdas de paladar e olfato, além de dor de cabeça.


Após o diagnóstico, foi feita uma investigação epidemiológica para buscar as pessoas com quem ela manteve contato. Segundo a diretora técnica, a mulher cumpriu isolamento e nenhum dos parentes demonstrou sinais de infecção.


Durante uma transmissão pelas redes sociais, o prefeito de Serrana, Léo Capitelli, disse que a confirmação do caso serve de alerta para que as medidas de prevenção sejam mantidas a fim de reduzir os riscos de transmissão. Ele informou que a mulher já se recuperou da infecção.


"Essa paciente já está bem, recuperada e trabalhando, mas isso não tira os cuidados e os alertas que devemos ter de agora em diante. A gente deve continuar tomando os cuidados para que a pandemia no município de Serrana continue controlada."


A secretária municipal de Saúde, Leila Gusmão, disse que os familiares da paciente testaram negativo, mas que permanecem em isolamento até quarta-feira (18).

Fonte: Prefeitura Municipal de Jardinópolis / G1

Foto capa: Renato Gomes


É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações publicados no site do Jornal Mídia Digital, mesmo reprodução de outro texto, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor conforme Lei nº 9610/98. Contudo, a divulgação ou compartilhamento das publicações originais, apenas as originais, como link ou postagem em redes sociais do Jornal Mídia Digital, estão permitidas



0 comentário

Posts recentes

Ver tudo