Policial sofre queimaduras após fogo atingir viatura durante incêndio em Jardinópolis

O policial estava ajudando a controlar o tráfego na estrada em que o incêndio se espalhava, quando uma mudança brusca dos fortes ventos, levou as chamas até a viatura em que estava

Durante a tarde da última terça-feira (14), um incêndio começou a se espalhar pela mata próximo a rod. Anhanguera, atrás da empresa Cinborg Pneus, com isso a Polícia Militar foi acionada, e as equipes se dirigiram até o local, constatando um incêndio de grades proporções, que tomava ambas as partes da estrada de terra da mata, e avançava em direção à rodovia.


Foi realizada a obstrução da via e também foi solicitado via rede de rádio, o auxílio para a interdição da estrada do lado da cidade de Cruz das Posses.


Várias equipes da usina, bem como diversos agricultores se fizeram presentes no local, com vários caminhões-pipa para ajudar na contenção das chamas, que avançavam bruscamente em direção da rodovia.


No intuito de auxiliar no trafego da estrada, tendo em vista a densa fumaça que se formava nas imediações uma equipe efetuava o controle de tráfego para prevenir acidentes, quando um vento muito forte mudou a direção do incêndio, que cercou a viatura, obstruindo a visão da equipe, bem como elevando bruscamente a temperatura do local.


Com isso, os 2 soldados que estavam na viatura, resolveram abandonar a mesma a pé, e após correr por cerca de duzentos e cinquenta metros entre a fumaça e o incêndio, eles foram surpreendidos por uma camionete conduzida por uma pessoa não identificada que passava pelo local, que prestou socorro aos agentes e posteriormente os conduziu até o pronto socorro da cidade de Jardinópolis.


Viatura que foi pega pelo fogo. (Foto: Polícia Militar)

Um dos policiais teve queimaduras sérias, e segundo a medica de plantão, que teria informado na ocasião, o seu estado de saúde era grave, porém estável, e as lesões e queimaduras foram sobre os membros superiores, inferiores e face (ambos os braços e pernas, pés e rosto) dando um percentual de mais de 60% em queimaduras de segundo grau, fazendo-se necessária a intubação tendo em vista queimaduras nas vias aéreas, e a transferência até o hospital São Francisco em Ribeirão Preto, onde permanece internado e em observação até o momento.


O outro agente sofreu queimaduras leves na região da face e braços, recebendo alta hospitalar logo após receber medicação.


Galpão da empresa Cinborg Pneus é atingida pelo incêndio

Segundo o Corpo de Bombeiros, o fogo consumiu um galpão da fábrica usado para armazenar borracha. Os funcionários conseguiram deixar o local a tempo e ninguém ficou ferido.


As chamas foram controladas ao longo da madrugada e as equipes permanecem no local na manhã desta quarta-feira (15) para o rescaldo. Ainda não se sabe como as chamas começaram, mas a suspeita é que as labaredas começaram em um canavial próximo.

Bombeiros tentam controlar as chamas. (Foto: Reprodução/EPTV)

Uma faixa em frente à empresa precisou ser interditada para o trabalho dos bombeiros.


Equipes da concessionária Entrevias e da Polícia Militar Rodoviária trabalharam na sinalização da pista e na orientação aos motoristas.


Mais cedo, no quilômetro 329, houve bloqueio porque a fumaça de um incêndio em vegetação atrapalhou os motoristas.


Em nota, a Cinborg Pneus comunicou que houve danos em alguns setores da empresa, que as chamas foram controladas e não houve vítimas.



Fonte: Polícia Militar / G1


É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações publicados no site do Jornal Mídia Digital, mesmo reprodução de outro texto, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor conforme Lei nº 9610/98. Contudo, a divulgação ou compartilhamento das publicações originais, apenas as originais, como link ou postagem em redes sociais do Jornal Mídia Digital, estão permitidas.


0 comentário