REGULAMENTAÇÃO SOBRE A PROTEÇÃO AO ENTREGADOR DE APLICATIVO DURANTE A PANDEMIA

A LEI Nº 14.297, DE 5 DE JANEIRO DE 2022 passou a garantir a proteção ao entregador que presta serviço, por meio de empresa de aplicativo de entrega, durante o período de emergência de saúde pública, decorrente do coronavírus.


As medidas de proteção estabelecidas podem ser exemplificadas abaixo:

  • Direito ao seguro contra acidentes, devendo a apólice incluir, acidentes pessoais, invalidez permanente ou temporária e em casos de morte, para cobrir exclusivamente acidentes ocorridos durante o trajeto de retirada e entrega de produtos;

  • Prestação de assistência financeira ao funcionário com covid;

  • Acesso a água, álcool gel e máscaras.


Vale a pena lembrar que, na hipótese de o entregador trabalhar para mais de uma empresa de aplicativo de entrega, a indenização deverá ser paga pela seguradora contratada pela empresa para a qual o trabalhador estiver prestando serviço no momento do acidente.


Assim, é muito importante contar com suporte de um profissional especializado, para analisar o caso em sua particularidade, a fim de garantir os seus direitos.


Autores do Texto: Jéssica Cimento e Marrieli Gonçalves

cimentogoncalvesadvocacia@gmail.com

 

Os textos publicados nas colunas, assim como as matérias e artigos assinados, são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do jornal


É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações publicados no site do Jornal Mídia Digital, mesmo reprodução de outro texto, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor conforme Lei nº 9610/98. Contudo, a divulgação ou compartilhamento das publicações originais, apenas as originais, como link ou postagem em redes sociais do Jornal Mídia Digital, estão permitidas

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo